Mensuração de Impacto Social

Aprenda como definir e mensurar o impacto de programas socioambientais isolando a interferência de fatores externos.

Capa - Mensuração de Impacto Social / Urbanismo Social e Segurança Pública
Course Format Icon

Modalidade Presencial

Course Format Icon

Presencial

Icone Relógio Carga horária: 20 horas
Icone fogete Início das aulas: 26/06/2024
Relogio Icon Fim das aulas: 28/06/2024
Relogio Icon Matrículas até: 26/06/2024

*Sujeito a alteração sem prévio aviso, em função do número de vagas. Vagas limitadas.

Todo programa socioambiental – seja uma ação, um projeto ou uma intervenção – é desenhado e implementado com o objetivo de modificar variáveis de relevância social ou ambiental, como, por exemplo, o nível de pobreza e desemprego. Depois de algum tempo desde a sua implantação, é natural querer saber se os objetivos desse programa foram alcançados.

No entanto, nem toda mudança ocorrida na variável de interesse ao longo do processo de implantação de um programa acontece necessariamente devido a esse programa. Via de regra, uma variedade de outros fatores e outras ações também podem contribuir para o progresso ocorrido.

Nesse contexto, o curso Mensuração de Impacto Social nasce para formar lideranças que busquem desenvolver o entendimento dos conceitos e metodologias envolvidas na avaliação de impacto com o objetivo de contratar, acompanhar e interpretar os resultados de uma avaliação desse tipo. Para isso, apresentaremos ferramentas que possibilitem conectar ações, produtos e resultados e discutiremos metodologias de mensuração.

Investimento

Valor integral R$ 6.145,33

Valor para matrícula antecipada (10% de desconto até 25 dias antes do início do curso)R$ 5.530,80

Valor para Alumni Insper (25% de desconto)R$ 4.609,00

Formas de pagamento

  • À vista no boleto ou cartão de crédito
  • Ou parcele em até 10X sem juros no cartão de crédito

Calendário do curso

Relogio Icon

Quarta a Quinta-feira das 09h00 às 18h15

Relogio Icon

Sexta-feira das 09h00 às 13h00

Por que fazer o curso?

Business Partner em Recursos Humanos (1)

Diferencie os conceitos de insumo, atividades e resultados, dentro de um contexto de teoria da mudança;

Negociação Razão e Emoção (1)

Compreenda o conceito de impacto social, como um contraste entre o que irá ocorrer (factual) e o que iria ocorrer caso ação não fosse adotada (contrafactual);

Tributações de Fusões e Aquisições (3)

Conheça estratégias factíveis para mensurar em situações práticas o impacto social;

Investimentos no Mercado Imobiliário (1)

Compreenda a viabilidade prática de uma avaliação.

O que você precisa saber

Perfil

Lideranças envolvidas com programas sociais que atuam, por exemplo, em:

Terceiro Setor

Fundações (corporativas ou familiares)

Setor Público

Institutos

Organizações sem fins lucrativos

Empreendimentos sociais

Fundos de investimento de impacto

Pré-requisitos

Esperado: ensino superior completo e sólido raciocínio lógico e analítico dos participantes do curso.

Desejável: conhecimento básico em estatística.

O que você vai aprender

Introdução: conceito de impacto e abordagens de avaliação

Teoria de mudança e benchmarking de estudos prévios

Métodos quase-experimentais para identificação de impacto

Métodos experimentais para identificação de impacto

Avaliação de impacto: a visão do gestor e a do avaliador

Corpo Docente

A maioria dos nossos professores é de mestres e doutores oriundos de renomadas escolas nacionais e internacionais e/ou executivos com extensa experiência profissional e prática.

Prof. Cristine Campos de Xavier Pinto

Cristine Campos de Xavier Pinto

Professora titular do Insper. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado em economia pelo PUC-Rio, mestrado em Estatística e doutorado em economia na Universidade da Califórnia, Berkeley. Antes de ingressar no Insper, foi professora visitante na Universidade de Michigan e professora associada da EESP/FGV. Suas áreas de pesquisa são Econometria e Economia da Educação. Tem artigos publicados em vários periódicos internacionais, incluindo The Review of Economic Studies, Journal of Econometrics, Quantitative Economics and Review of Economics and Statistics. Atualmente, é membra do “Latin American Standing Committe” da Econometric Society e do conselho da Sociedade Brasileira de Econometria. Já foi editora associada da Brazilian Review of Econometrics.

Prof. Cristine Campos de Xavier Pinto

Cristine Campos de Xavier Pinto

Professora titular do Insper. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado em economia pelo PUC-Rio, mestrado em Estatística e doutorado em economia na Universidade da Califórnia, Berkeley. Antes de ingressar no Insper, foi professora visitante na Universidade de Michigan e professora associada da EESP/FGV. Suas áreas de pesquisa são Econometria e Economia da Educação. Tem artigos publicados em vários periódicos internacionais, incluindo The Review of Economic Studies, Journal of Econometrics, Quantitative Economics and Review of Economics and Statistics. Atualmente, é membra do “Latin American Standing Committe” da Econometric Society e do conselho da Sociedade Brasileira de Econometria. Já foi editora associada da Brazilian Review of Econometrics.

X
Prof. Carolina Pedrosa Gomes de Melo

Carolina Pedrosa Gomes de Melo

Professora de políticas públicas e economia no Insper. Doutora em Economia dos Negócios pelo Insper, mestre em Administração Pública pela Columbia University e bacharel em Administração de Empresas pela University of North Florida. Trabalhou no desenvolvimento de sistemas de monitoramento e avaliação de impacto de diversas políticas públicas e programas/projetos sociais como pesquisadora do Insper Metricis, diretora de pesquisa da MGov Brasil (atualmente, Movva), assistente de pesquisa do Earth Institute/Columbia University e estagiária na iniciativa da ONU para combate à fome e desnutrição crônica (UN REACH) em Maputo, Moçambique, e também como consultora independente. É interessada em pesquisas nas áreas de desenvolvimento da primeira infância, economia da saúde, economia da educação, desenvolvimento sustentável e organização industrial.

Prof. Carolina Pedrosa Gomes de Melo

Carolina Pedrosa Gomes de Melo

Professora de políticas públicas e economia no Insper. Doutora em Economia dos Negócios pelo Insper, mestre em Administração Pública pela Columbia University e bacharel em Administração de Empresas pela University of North Florida. Trabalhou no desenvolvimento de sistemas de monitoramento e avaliação de impacto de diversas políticas públicas e programas/projetos sociais como pesquisadora do Insper Metricis, diretora de pesquisa da MGov Brasil (atualmente, Movva), assistente de pesquisa do Earth Institute/Columbia University e estagiária na iniciativa da ONU para combate à fome e desnutrição crônica (UN REACH) em Maputo, Moçambique, e também como consultora independente. É interessada em pesquisas nas áreas de desenvolvimento da primeira infância, economia da saúde, economia da educação, desenvolvimento sustentável e organização industrial.

X
Prof. Ricardo Paes de Barros

Ricardo Paes de Barros

Ricardo Paes de Barros é graduado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), com mestrado em estatística pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. Possui pós-doutorado pelo Centro de Pesquisa em Economia da Universidade de Chicago e pelo Centro de Crescimento Econômico da Universidade de Yale. Integrou o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) por mais de 30 anos, onde realizou inúmeras pesquisas focadas em questões relacionadas aos temas de desigualdade e pobreza, mercado de trabalho e educação no Brasil e na América Latina. Entre 1990 e 1996, Ricardo foi professor visitante da Universidade de Yale e, entre 1999 e 2002, diretor do Conselho de Estudos Sociais do IPEA. Entre 2011 e 2015, foi subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Em 2015, assumiu a cátedra do Instituto Ayrton Senna (IAS) no Insper. No Instituto Ayrton Senna, atuou como economista-chefe de 2015 a 2019. Como acadêmico, publicou diversos artigos e livros sobre seus temas de pesquisa, recebendo importantes prêmios em reconhecimento ao seu trabalho. Entre eles, cabe destacar o Prêmio Haralambos Simeonidis em 1995 e em 2000 e o Prêmio Mario Henrique Simonsen em 2000. Ricardo foi agraciado com a comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico em 2005, eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências em 2010 e recebeu, em 2012, a primeira edição do Prêmio Celso Furtado em Estudos Sociais, oferecido pela Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS).

Prof. Ricardo Paes de Barros

Ricardo Paes de Barros

Ricardo Paes de Barros é graduado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), com mestrado em estatística pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. Possui pós-doutorado pelo Centro de Pesquisa em Economia da Universidade de Chicago e pelo Centro de Crescimento Econômico da Universidade de Yale. Integrou o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) por mais de 30 anos, onde realizou inúmeras pesquisas focadas em questões relacionadas aos temas de desigualdade e pobreza, mercado de trabalho e educação no Brasil e na América Latina. Entre 1990 e 1996, Ricardo foi professor visitante da Universidade de Yale e, entre 1999 e 2002, diretor do Conselho de Estudos Sociais do IPEA. Entre 2011 e 2015, foi subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Em 2015, assumiu a cátedra do Instituto Ayrton Senna (IAS) no Insper. No Instituto Ayrton Senna, atuou como economista-chefe de 2015 a 2019. Como acadêmico, publicou diversos artigos e livros sobre seus temas de pesquisa, recebendo importantes prêmios em reconhecimento ao seu trabalho. Entre eles, cabe destacar o Prêmio Haralambos Simeonidis em 1995 e em 2000 e o Prêmio Mario Henrique Simonsen em 2000. Ricardo foi agraciado com a comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico em 2005, eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências em 2010 e recebeu, em 2012, a primeira edição do Prêmio Celso Furtado em Estudos Sociais, oferecido pela Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS).

X

Processo Seletivo

Conheça as etapas para ingressar no curso:

01.

Preencha o formulário de inscrição

02.

Análise do seu perfil

03.

Aprovação

04.

Matrícula Digital

Programas específicos da área de Gestão e Políticas Públicas, passam pela etapa da entrevista anterior a aprovação.